quarta-feira, 12 de outubro de 2011

OS MISERÁVEIS

Porque a Selecção portuguesa para mim pouco  interessa, era para não dizer nada após a derrota de hoje, mas vou dizer. Não me venham mortificar chamando-me de  falso patriota, de pouco amante das causas portuguesas ou mesmo de “traidor” á Pátria. Mas qual quê? Pouco me preocupa tudo isso, para mais não tendo nada a considerar nem a agradecer a um País que trata os seus naturais com tanta ignominia. 
Não estou contente nem triste pela derrota da nossa dita Selecção, sinto-me apenas totalmente indiferente. Depois de todas as mudanças e filosofias que foram tornando espúrios quaisquer sentimentos de veneração por uma Nação que não soube ou não quis respeitar-se a si própria, “incepi evomere illam ex ore meo”, isto é, não a sentindo nem quente pela virtude, nem fria pela crueldade, somente cheia de tibieza pela mentira e injustiça, é que fui forçado a vomitar.
Até talvez, com manifesto cinismo, me sinta antes mais satisfeito com a sua derrota, não em si mesma, mas pelas ilações que se poderão perceber dela  e pelas consequências de actos e práticas pouco claras e deveras criticáveis. Pois como pode uma Organização que se pretendia representativa de uma Nação inteira, ser utilizada para fins pouco dignos por gente sem escrúpulos, publicamente abominada pelos seus claros actos de corrupção e que sem pudor nem vergonha pratica nela todo o género de inconfessáveis tropelias e propósitos? É evidente que estou a falar disso mesmo; como pode uma Instituição representativa de todo um povo fazer-se acompanhar de um ser repugnante, autor de tantas malfeitorias, corrupto e corruptor, de porte duvidoso mesmo como cidadão, que em tempos fugiu á Justiça e lhe continua a fugir por entre as suas malhas - muito largas, diga-se a propósito - como o incontinente da “tripa cagueira” sr. Costa do Clube do Freixo que, é bom de concluir, em nada poderia dignificar, como não dignificou, uma comitiva desportiva que se  pretendia representasse no estrangeiro uma Nação soberana? Que ganhou com isso o Empreendimento, quando é sabido que tão sinistra figura, com toda a desfaçatez e acinte, se fazia ainda acompanhar de uma amante com idade mais que suficiente para ser sua neta, e que também em tempos não muito distantes chegou, por ressabiamento, a festejar com espumante uma triste derrota dessa mesma Selecção? Tais baldrocas nunca poderiam congregar em torno da equipa nacional todos aqueles que nela se poderiam rever. 
Por isso eu me estou a borrifar para a Selecção pois ela não se mostrou digna, nem podia, porque tem a comandá-la um verdadeiro novelo de cobras peçonhentas. Apenas expresso o que eu próprio sinto e, assim com’assim, se esta derrota servir para redenção, entendo que ela veio mesmo a calhar.


8 comentários:

Berrante De Encarnado disse...

BRAVO!!

Se me permitir, vou citá-lo no eu blogue, caríssimo RIVUS.

Cumprimentos Benfiquistas

Anónimo disse...

magnifico.totalmente de acordo

MASTERGROOVE disse...

é exactamente o que sinto.
aquilo não é a selecção de Portugal, aquilo é a equipa do Madail e afins!!

abraço

lawrence disse...

Não tendo sido inocente esta tentativa de boleia, talvez por aspirar a chegar a poleiros uefeiros, só desejo a essa gente que se afogue no seu próprio veneno.
Desejo também que o mundo não seja tão frio e hipócrita como já tanto aparenta e que ainda haja alguém com espinha senão, essa gente consegue mesmo o que quer!

Jotas disse...

Eu discordo, estou muito triste pela nossa derrota,vibro sempre com a selecção do meu país, e orgulho-me disso, embora isso não me tire o realismo e veja que os jogadores nacionais foram desplicentes, alguns deles revelaram mesmo uma enorme falta de categoria, aliás, há que ser realista e esta minha análise não é apenas por este jogo, Portugal é hoje em dia uma selecção em termos qualitativos bem mais distante das potenciais europeias, está a cavar um fosso para equipas como a Alemanha, Espanha, Holanda, Itália e Inglaterra e neste momento quer se queira quer não, está ao nível de uma Croácia, Dinamarca, Grécia e outras deste nível e com tendência para piorar.

GuachosVermelhos disse...

companheiro RIVUS,
Tiro-te o meu chapéu!
Bela postadela!

RIVUS disse...

Caro Guachos: tenho procurado algumas vezes inserir comentários nos posts do seu magnífico blogue, porém, não sei o que se passa, não consigo abrir a respectiva caixa de comentários. Possívelmente haverá alguma anomalia na sua configuração ...
Grande abraço!

GuachosVermelhos disse...

Pois é caro amigo, já outros companheiros se queixaram do mesmo mas não faço ideia do que se passa!
Talvez tena a ver com o browser que usas, mas o importante é continuar a malhar nos antis!
Abraços