quarta-feira, 30 de março de 2011

MANIQUEÍSMO DE LUZ E DE TREVAS

Aproxima-se o famigerado jogo do Benfica com o Clube dos Malfeitores do Freixo e a minha crença num resultado positivo da nossa parte vai-se diluindo no raciocínio da realidade duma quase impossível missão. Sei que muitos me poderão verberar pelo que vou expor, mas entendo que se torna errado apelar a um anseio bacoco e simplista quando se esbarra com um indiscutível pragmatismo, baseado na evidência de reiteradas  práticas e actuações.
E, assim pensando, dou comigo a dizer-vos aqui, amigos, que o Benfica muito dificilmente conseguirá ganhar esse jogo ou mesmo empatá-lo sequer pois,  analisando-o bem, se constata que ele não será um mero jogo de futebol e sim uma operação dominada por um dos contendores, de modo rigoroso e absoluto, no sentido da obtenção de um determinado fim inconfessável e sujo. Do que tenho a firme certeza é de que será sempre um jogo da luz da Verdade contra as trevas da Mentira e do Ódio e tornar-se-ia forçoso que a Luz prevalecesse. Dado tratar-se de um único jogo, os Corruptos criminosos nunca o vão perder, por muitas  e variadas razões: para já, a primeira delas será  a aplicação da respectiva dose da ajuda química que lhes confere, de forma segura e impune, diga-se, uma superioridade manifesta. Mas contam com mais; arbitragem, acicate e branqueamento da denominada imprensa, exaltação de alguns dos seus atletas de maneira obtusa e despudorada, formas requintadas de subversão e guerrilha ao melhor estilo terrorista, não só de reconhecida eficácia mas também muito difíceis de neutralizar. Enquanto o Benfica terá de competir sempre com dispêndio de muita energia em todos os seus jogos, os Farsantes da Corrupção apenas cumprem calendário com toda a descontracção e sossego. Por isso, não descortino que qualquer equipa no mundo, por mais excelência desportiva que demonstre, possa fazer frente e com êxito a um confronto tão maquiavelicamente preparado. 
E voltamos ao axioma de sempre: enquanto os dados não forem alterados o resultado será sempre o mesmo, sem haver nada que o possa modificar. Poderá o Benfica exaurir muitos dos seus recursos para se fortalecer que de nada lhe servirá porque os Facínoras das Antas apresentam-se na contenda de forma desleal e trapaceira, jogando com regras totalmente desiguais. Por via disso vão continuar na sua acção de rapina, sem qualquer vergonha, com acintoso descaro, como pertencendo a um mundo tenebroso onde campeiam, ditando e impondo as suas leis iníquas. Neste ano ganharam e não haja ilusões; no próximo irão ganhar de novo e no outro a seguir também, sempre tudo decidido, e assim sucessivamente, ad nauseam.  
Queria ter o condão de perceber a razão por que o Benfica suscita um ódio tão visceral a uma parte da Sociedade inteira. Se quiserem verificar, todos os que não pertencem ao universo benfiquista, parecem aliados num feroz ataque á nossa Instituição: políticos, forças da ordem, organismos desportivos, órgãos de justiça, a sinistra denominada comunicação, parasitas da noite, todos os outros clubes concorrentes e, pasme-se, até certos agentes religiosos como ainda recentemente um bispo desavergonhado, á revelia do seu devido recato, não sentiu pejo em o exprimir. No fim de tudo, com suprema hipocrisia, lá virá toda essa súcia rastejante cantar encomiásticas odes ao decantado feito de mais uma retumbante vitória dessa torva e pavorosa Organização criminosa do futebol do Porto.
Será o Benfica um Clube maldito que importa exterminar? Que benefícios e vantagens advirão para toda essa gente por tão aviltante postura? Será que todo esse mundo que nos odeia considera e preza também a corrupção como um valor aceitável e legítimo? Parece que sim, o que infunde perplexidade e revolta em todos aqueles que cultivam a dignidade.
 É evidente que o meu desejo, a minha alegria, o meu pundonor, era vencer no domingo esse odioso Clube; ficarei mesmo com notória depressão se tal não suceder, mas também entendo e sem querer entregar-me a uma irracional fatalidade, que poucas condições haverá para o conseguir.
Poderei estar redondamente errado, admito que sim e se o estiver, tanto melhor.

3 comentários:

GuachosVermelhos disse...

Amigo RIVUS, calma que as coisas embora sejam como dizes, temos Homens para trepar por cima disso!

FireHead disse...

Nós somos o Benfica e jogamos sempre para ganhar seja contra quem for.

delfim disse...

Esta noite,é Benfiquista!!!!a vitoria serà esmagadora.
Benfica "for ever"