quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

CRISE

Hoje tenho que dar o braço a torcer pois os inimigos do Benfica são, de facto, muito poderosos, dizendo mesmo que possuem um poder desmedido. Além de que são maquiavélicos, organizados, indestrutíveis e eficazes. Tal não quer dizer que sejam grandes e sim pequenos, muito pequenos mesmo. E esta característica é a que me traz intrigado e incrédulo. 
Ele não é o Benfica um dos maiores Clubes do Mundo e seguramente o maior deste País? Não tem a maior massa associativa da Terra e um incontável número dos que O seguem? E muito mais! E não é suposto que apenas estes dois factores seriam suficientes para outorgar uma incomensurável força que lhe permitisse manter em respeito os colmilhos de cães raivosos ou derrotar mesmo qualquer inimigo, por mais poderoso que fosse? 
Então porque acontece precisamente o contrário? Somos desrespeitados de forma soez pelos que nos odeiam e são praticamente todos os sectores da sociedade, somos atacados ferozmente por inimigos específicos que nos pretendem ver aniquilados, somos amesquinhados de modo vil e dramático por autênticos bandos de verdadeiros energúmenos que actuam descontraídos e na total impunidade. Pergunto, entretanto, para que serve a nossa propalada e presumida grandeza? Será que somos como um calmeirão musculoso e com ar façanhudo, mas a quem qualquer criança ou rapazola dá uma valente sova? É o que parece!
Há, por aí, quem afirme que o Benfica é que tem a culpa exclusiva da sua presente situação e que vamos desculpando os nossos fracassos com factores externos, como a corrupção. Porém, esta é só uma meia verdade, não sendo sequer a mais relevante. É claro que temos as nossas culpas no cartório mas, na verdade, a corrupção é, sem sombra de dúvida, a grande causa da nossa decadência e de muitos outros Clubes. E este conceito enquadra-se na asserção, acima exprimida, do poder destrutivo que têm os nossos inimigos: é que eles agem de tal forma que conseguem, ainda por cima, passar a mensagem de que a culpa é de nós próprios, minando, pérfida e ardilosamente, os alicerces da nossa identidade. Resulta hoje e resultou sempre durante mais de três miseráveis décadas
Culpamos a corrupção? Culpamos muito bem e devemos culpar sempre, pois trata-se de uma premissa que faz toda a diferença e, não tenhamos dúvidas, é o cerne da questão e, não excluindo a auto-crítica, devemos bater nesta proposição de forma premente e contínua, sem desfalecimento e com tenacidade. Enquanto se mantiver este pressuposto torna-se inútil proferir qualquer discussão ou realizar análise séria. Estou em crer que só quando o "céu ficar limpo" é que poderemos efectuar então uma verdadeira introspecção das nossas responsabilidades. 
Pode haver toda a espécie de bandalheira e desorganização que houver, seja em que Clube for, que sendo ele ajudado por meios ilícitos ou corruptos, os efeitos de tais desordens ou más gestões serão sempre abafados e diluídos, fazendo parecer que tudo está a correr no melhor dos mundos, aportando mesmo um contributo suplementar para resolução de todas essas dificuldades.
Podem ter a certeza de que o clube do Freixo tem maiores e talvez piores problemas que o Benfica e, se não deitasse mão da corrupção e de meios ilícitos para os debelar, enfrentaria seguramente muito mais graves convulsões do que as nossas. Poderíamos então cotejar as reacções que, fatalmente, iriam  surgir.
Não fosse o uso da corrupção e não haveria, nem tanta crise no Benfica, nem tanta tranquilidade no antro dos Andrades.












6 comentários:

GuachosVermelhos disse...

Parabens pelo post,
é sempre um prazer ler os que amam sobretudo o benfica!

Manuel Oliveira disse...

Excelente post caro Rivus!
Ainda não conhecia o Blog, votos de muito sucesso.

Glorioso abraço.
Blog do Manuel

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Manuel Oliveira disse...

Agradeço ter passado a seguir o meu Blog e colocado o link aqui. Já fiz o mesmo com o seu em GLORIOSOS PARCEIROS no meu.

Abraço.

FireHead disse...

Pode ser que quando o Pinto da Costa passar à história, o mesmo aconteça com o clube assumidamente corrupto...

WikiGloriosasfera disse...

Nasceu a WikiGloriosasfera, um espaço para promover ainda mais os blogs Benfiquistas.
Quem, quando, como e porquê da criação do blog, os autores e os comentadores da Gloriosa Blogosfera Benfiquista.
Participe e contribua para a demonstração da vitalidade e grandiosodade da blogosfera Benfiquista.

Saudações Gloriosas
www.wiki.gloriosasfera.com