quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

HIPOCRISIA

Quando ontem  fui tomar o meu cafèzinho da manhã em companhia dos amigos do costume, quase todos benfiquistas, ás tantas um deles, que se entretinha a ler o pasquim A BOLA, chamou a atenção dos presentes para uma escrevinhada da autoria dum tal Victor Serpa - olha quem ele é! - na qual, esse artista, rasgava as vestes e se escandalizava com o clima de guerra que existia entre a Organização do Freixo e o Benfica, comparando-o com o existente entre as duas Coreias. Genial e sublime comparação! 
Claro que só a despropósito e por força de uma descarada hipocrisia é que tal paralelismo pode ser posto em cotejo, pois que esse rabiscador sabe muito bem (saberá?) qual dos dois Países coreanos é o mau da fita. 
Por outro lado, veja-se também por quem Deus nos manda avisar! Por um degas que, com pouca moralidade, tomou ainda recentemente atitudes tendenciosas e fora da mais elementar isenção que deveria sobressair no jornalismo, censurando artigos de um colaborador do referido jornal, para não desagradar ao representante da Coreia do Norte - diga-se clube corrupto - tomando assim partido e bandeando-se, dessa forma, para um dos lados. Que só podia ser o do seu agrado e que, pelo que depreendi, nunca procurou sequer disfarçar essa tendência. 
E chega ao desplante de criticar o Benfica porque, segundo a sua ideia, deveria ter ficado calado e nem ter respondido ás provocações da Coreia do Norte - leia-se escumalha corrupta.
O que me espanta é como um safardana destes nunca  abordou tal assunto ou mostrou a mesma indignação com os desmandos da corja de Contumil levados a cabo durante mais de trinta anos. Nesta conjuntura foi o bando nortenho que, mais uma vez e como sempre, de forma gratuita e a despropósito, provocou o nosso Clube: e então este, só para agir de modo politicamente correcto, deveria ficar calado? Nem pensar. Esta treta de dar a outra face, só poderá ser praticada por pessoas ascetas e santificadas e, mesmo assim, nunca perante tais biltres atolados até ao pescoço na lama das mais diversas e abjectas tropelias. 
Pretenderia o bigorrilha Serpa que a Coreia do Sul (Benfica) se mantivesse impávida e serena após a agressão da Coreia do Norte (clube corrupto)? Pelos vistos sim, pois com suprema hipocrisia, vem arvorar-se em moralista criticando a meias o agressor e o agredido, agindo como aqueles árbitros que, de maneira salomónica e porque o prevaricador é dos amigos, dão o cartão vermelho também ao inocente.
E vós, amigos benfiquistas, como podeis ler ainda esse jornaleco chamado A BOLA onde pontifica um fariseu de tal calibre?






1 comentário:

FireHead disse...

De facto admiro-me como é que ainda pode haver benfiquistas que compram essa porcaria de jornal...