segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

PREDADORES

Já os vistes? Sabeis quem são?
Deixam o seu covil do Freixo e descem todas as semanas, ou quando calha, aos povoados do futebol deste país; não pela calada da noite e sim á luz do dia, como salteadores, como alcateias de lobos famintos a atacar incautas reses ou como raposas matreiras a pilhar indefesos galinheiros. E fazem-se acompanhar das suas gentes de mão, os corrompidos e solícitos  árbitros que actuam como furões nas tocas ou como matilhas de rafeiros recolhendo a caça abatida, com um alvoroçado abanar de cauda.
E tudo subvertem, tudo atropelam, tudo abocanham a coberto de uma assumida impunidade. Depois, no final da época de caça, entregam-se a orgias obscenas e ululantes, dentro dos seus territórios, festejando os troféus saqueados.
Na verdade, cada jogo em que participam é uma infame depredação e uma ladroíce á mão armada. Constituem uma perigosa quadrilha que actua furtiva e impunemente. 
Mas, estranhamente, ninguém os tenta travar, ninguém parece disposto a enfrentá-los, facto que mais ainda os acirra na sua irreprimível sanha. 
Comigo nunca: podem espoliar  quem quiserem, podem bradar que ganharam o que julgam ter ganho, podem festejar pretensos feitos que eu, como pessoa decente que ainda me prezo de ser, nunca lhes reconhecerei quaisquer apregoadas façanhas. Porque esses bandoleiros não passam de uma perigosa quadrilha de predadores, sem pejo nem decência. Seria como reconhecer ou mesmo bajular a riqueza que um ladrão tivesse roubado.
Podem ter a certeza de que, dentro do pouco que puder, estarei sempre na linha da frente para os repudiar. Sentirei por essa infame Organização do Crime, sempre e enquanto viver, um irreprimível nojo e uma agoniante repulsa, com um forte anseio de que, num qualquer dia que espero seja breve, ela possa vir a ser exterminada.

4 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Muito bom post, caro Rivus!
Eles só merecem mesmo o nosso nojo.

Abraço.

FireHead disse...

Subscrevo! É que nem é sequer a segunda divisão para eles, é a extinção mesmo, a bem do futebol! Não é por acaso que cada vez mais eu vou gostando mais e mais do futsal que é um desporto aqui em Portugal que (ainda) não está contaminado! Se isto continuar assim, espero bem que o futsal consiga até suplantar o futebol em termos de popularidade... até porque já faltou mais para isso acontecer...

Carlos Alberto disse...

É isso mesmo caro Rivus.

Bom post e bom blog (já o acrescentei à minha lista).

Saudações Benfiquistas

Viriato de Viseu disse...

Grande postadela!!!